SER CARISMÁTICO - 2º PARTE

A Paz, caros irmãos!

Trago hoje o segundo artigo da série com o tema: Ser Carismático.
Esta série pretende explicar, num nível introdutório, algumas características da espiritualidade, do jeito de ser, de orar, e de viver, de quem segue o estilo da Renovação Carismática Católica.



Hoje vamos partilhar sobre “O Louvor”.

A cena é ainda desconhecida de muitos católicos…

Uma igreja ou salão paroquial com um grupo de pessoas (pequeno ou grande) que cantam, a plenos pulmões, músicas como:

“Quero louvar-te sempre mais e mais!
Quero louvar-te sempre mais e mais!
Buscar o Teu Querer, a Tua Graça conhecer, quero louvar-te!…”

Enquanto cantam as pessoas levantam as mãos para o Céu, ou batem palmas, balançando o corpo numa dança que acompanha o ritmo da música. Em algumas canções mais animadas as pessoas fazem gestos com as mãos que tentam expressar o que a letra da canção diz.

Em outros momentos, cada participante ora em voz alta, agradecendo a Deus pelas coisas maravilhosas que Ele tem feito em sua vida e na vida de todos daquele grupo de oração que se reune semanalmente. Enquanto um faz a oração de louvor a Deus pelo que Ele é, e pelo que Ele fez e faz, outros acompanham a oração concordando, à meia voz, com tudo aquilo que o primeiro vai proclamando.

A Bíblia está repleta de louvores a Deus feitos por vários homens e mulheres de fé!

“Bendito seja o Senhor Deus de Israel, porque visitou e resgatou seu povo, e suscitou-nos um Poderoso Salvador, na casa de Davi, seu servo” (Lc 1, 68s)

“Minha alma glorifica ao Senhor, meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador, porque olhou para sua pobre serva…” (Lc 1, 47s)

“Glorificai comigo o Senhor, juntos exaltemos o seu nome. Procurei o Senhor e Ele me atendeu, livrou-me de todos os temores.” (Sl 33, 4s)

“Cantarei ao Senhor, porque ele manifestou sua glória. Precipitou no mar cavalos e cavaleiros. O Senhor é minha força e o objeto do meu cântico; foi Ele quem me salvou…” (Ex 15, 1s)



O Louvor é uma expressão de carinho, amor, gratidão e confiança em Deus, em Jesus, e no Espírito Santo!
Pode ser cantado ou rezado. Por ser feito individualmente ou em comunidade. Quando em comunidade por ser feito um louvor simultâneo também, onde todos ao mesmo tempo dão a Deus o seu louvor em voz alta.

Para que louvar a Deus deste modo ?

Para eu ser transformado e permitir que a Graça me alcance!
Deus não precisa do meu louvor. Com ou sem o meu louvor, Ele continua sendo quem Ele é!
Mas eu preciso louvar ao meu Deus! Quando eu louvo, meu coração vai se abrindo para receber a Paz, o Amor, a Graça, e a alegria, que vem de Deus! Quando eu louvo eu vou “pré+dispondo” a minha alma para entrar num grau de comunhão mais profundo com Deus!

Quando eu bato palmas, quando eu levanto as mãos, quando eu dou pulos ou caminho alguns metros para um lado e para outro, ao ritmo de uma música de louvor, eu estou saindo do fechamento interior, eu estou me desinstalando, eu estou até, às vezes, contrariando minha tendência física e minha vontade de ficar acomodado no meu lugar (que reflete outra tendência interior bem pior que é a acomodação espiritual, a paralisia espiritual, o fechamento espiritual).

Quando faço tudo isto porque desejo louvar a Deus de coração, muitas vezes, ali no louvor já vou recebendo curas, libertações, encorajamento, e graças diversas derramadas pelo próprio Senhor!

Quando louvo a Deus deste modo, estou usando todo meu ser, meu coração, minha mente, minha voz, e meu corpo, para louvar e exaltar a Deus como aquele que merece, que é digno, de que eu sempre o reconheça como meu Senhor e o louve!

O louvor nos abre à ação do Espírito Santo! E Ele derrama sobre nós, curas e libertações, graças e inspirações, ânimo e coragem, fé e fervor!

Se você quiser faça sua própria experiência agora mesmo:



Deixe seu computador por 10 minutos, e neste tempo, se volte exclusivamente para Deus, e começa a louvá-lo, agradecê-lo, elogiá-lo, exaltá-lo, glorificá-lo, por todas as coisas maravilhosas que Ele já fez na sua família, na sua vida, na humanidade, e por todas as qualidades que Ele possui sendo Infinitamente Amoroso e Poderoso!

Vai fundo… Deus te abençoe, e te dê a inspiração diária para o Louvor que sai do coração, por intercessão da grande “louvadora”, a Virgem!

No próximo artigo, falaremos sobre o Grupo de Oração (o que é, qual seu objetivo, como deve ser conduzido, que importância têm…)

seu irmão,
Ulisses CN
(ulisses@geracaophn.com)

fonte: http://blog.cancaonova.com/podecrer/2008/06/10/ser-carismatico-2%c2%aa-parte/