Seminarista de São Paulo descreve sua experiência do ENF 2014

Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo!
Quero partilhar um pouco o que foi a vivência desse Encontro Nacional de Formação 2014 em minha vida e vocação, repito, um pouco, pois sinto que as palavras que escreverei aqui ainda serão poucas para descrever. Duas palavras: Avivamento e Unidade. Queridos, foi uma experiência única de avivamento espiritual e vocacional. Sabemos que ao longo da caminhada no ano, com as atividades acadêmicas nossa vida no Seminário fica de pernas para o ar e as cobranças surgem. Ás vezes falta aqueles momento onde é hora de parar um pouco e escutar o agir de Deus. Esse ENF, posso dizer, Deus falou comigo, agiu de uma forma surpreendente, posso dizer que sou um homem novo, como diz a canção do RENASEM que ocorreu em Palmas neste ano.

Sinto cada dia mais minha vocação fortalecida pelo Espírito e sabemos que sozinhos nós não somos nada, sempre costumo dizer que nossa vocação é confirmada no meio do povo, ou seja, precisamos do outro. Nesse ENF, o Ministério para Seminaristas, viveu isso. Estávamos muito unidos, partilhávamos, dançávamos, cantávamos e servíamos com um ardor e com uma alegria que todos podem testemunhar. Um ar novo. E como é bom saber que podemos contar com irmãos que vivem a mesma vocação que Deus me chamou, a espiritualidade que vivo e são ''loucos'' no e pelo Espírito, assim como sou.

Glayson Quirino
Diocese de Santos - SP
Por fim, deixo aqui meu agradecimento a Deus e a todos os irmãos seminaristas pela experiência e convivência sadia e vivificante ao lado de todos vocês nesse ENF. Aos seminaristas do núcleo estadual que estão comigo na intercessão pelo nosso Ministério. Aos irmãos seminaristas de minha Diocese e aos formadores. Uma coisa eu sei, ninguém é feliz sozinho. Precisamos estar juntos, unidos, para mostrar a sociedade de hoje que existem pessoas que querem ainda ser sacerdotes santos com suas vocações inflamados por um ardor missionário e com um sopro do Espírito que nos leva a alçar vôos, a avançar para águas mais profundas e a salvar almas, como diz o versículo da Sagrada Escritura que levo como um mandato de em minha vida vocacional: ''Fiz-me tudo para todos, a fim de salvar a todos'' (I Cor 9,22b).

Fonte: Renasem São Paulo - www.renasemsp.blogspot.com